Português English

Fraudes no transporte coletivo de Campinas chegam a quase 20 mil

Ao entrar no ônibus e passar o bilhete, o sistema compara as características com a pessoa que está cadastrada


Image title

   O sistema de biometria facial nos ônibus de Campinas identificou 19.223 fraudes no uso do Bilhete único, em seu primeiro ano de funcionamento. Os casos para burlar as regras envolvem os cartões para idoso, escolar, universitário e gratuito. Por conta das ocorrências, a Associação das Empresas de transporte coletivo Urbano de Campinas (Transurc) informou que há um prejuízo estimado em R$ 100 mil. Ao entrar no ônibus e passar o bilhete, o sistema com uma câmera próxima à catraca compara as características da pessoa que está cadastrada com aquela que tenta se passar pelo beneficiário. 


São vários pontos que a tecnologia de biometria utiliza para realizar a identificação, como distância entre os olhos, do nariz para a boca, tamanho da boca e distância da testa para os olhos. "Desta maneira, a gente consegue automaticamente ver quem usa irregularmente e, para aqueles casos em que resta alguma dúvida, fazemos uma triagem manual, que passa por uma série de pessoas analisando a foto e comparando", explicou Paulo Bardall, diretor de comunicação e marketing da Transurc. 


Funcionando desde 5 de novembro de 2016, o sistema notificou quase 20 mil pessoas até o dia 31 de outubro. Foram 8.380 casos no Bilhete único Idoso; 7.111 no Bilhete único Escolar; 1.872 no Bilhete único Gratuito; e 1.860 no Bilhete único Universitário. 


As fraudes acontecem em diferentes finalidades, como tentativa de revender a passagem ou estar sem crédito em seu bilhete e utilizar o de algum amigo ou parente. 

Após identificar a fraude, a Transurc envia uma notificação para a residência do responsável, alertando que o bilhete está sendo usado de maneira irregular. Caso a ação volte a acontecer, há o cancelamento do bilhete por 30 dias. 


Se houver uma nova tentativa após esse período, a suspensão aumenta para 90 dias. Na persistência do fato, o cartão é cancelado por 180 dias. As pessoas que são advertidas precisam comparecer na Transurc para assinar um termo de responsabilidade em que afirmamestar ciente da situação. 


Para o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, esse primeiro ano de sistema biométrico foi bastante positivo, porque conseguiu criar uma maior consciência nas pessoas. "Conseguimos evitar as fraudes que vinham crescendo no sistema de transporte. Nosso objetivo não é a punição, mas sim a moralização, que as pessoas passem a se comportar de maneira mais adequada", avaliou. 


Das 19.223 pessoas que receberam a notificação, 343 voltaram a praticar a ação e foram suspensas por 30 dias.


Fonte: Correio Conectado


________________________________________________________________________________________


Dúvidas ou sugestões?

Image title


O cliente pode consultar no site do consórcio os horários pelo link: www.consorciofenix.com.br/horarios. Se desejado, entre em contato conosco pelo sac@consórciofenix.com.br. Você pode também abrir um chamado de dúvida pela página www.consorciofenix.com.br/contato ou mesmo nos ligar pelo (48) 3025-6868 em horário comercial. Escolha o canal que melhor lhe convém, aguardamos seu contato!